Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ele, o microfone e a mamã

"Radicalismos" de uma mãe galinha, rabiscos e cantorias do pequeno príncipe T e vida, muita vida para vos mostrar. No nosso T3 vivemos e sorrimos muito.

"Radicalismos" de uma mãe galinha, rabiscos e cantorias do pequeno príncipe T e vida, muita vida para vos mostrar. No nosso T3 vivemos e sorrimos muito.

Ele, o microfone e a mamã

24
Set18

A Festa dos 6

Liliana Silva

IMG_20180909_151736607.jpg

 

Quem disse que o tema da Masha e o Urso é só para meninas?! EU

Quem tentou demover o miúdo deste tema? EU

Quem lhe perguntou mais do que uma vez se tinha certeza do tema? EU

Quem lhe mostrou tantos outros bonecos que aparecem no canal panda? EU

Culpada...sim eu...tudo eu...mas o mini cá de casa não arredou pé e foi certeiro. O tema deste ano era a Masha e o Urso. Acreditem ou não mas já desde o ano passado que ele tinha esta fisgada. No final da noite da festa do ano passado ele disse a boa voz que o tema da próxima festa seria a menina e o urso e eu pensei, "até lá muda de ideias de certeza"...pimba, é que nem tive hipóteses.

Ora posto isto, o que poderia eu fazer? Pesquisar!! Muita procura, muitos sites, muito pinterest, muitos blogues...

Raça da miúda loira que aparece mais em festas para meninas do que para meninos e eu estive quase a dar em doida.

Pesca daqui e repesca dali, fui apanhando algumas ideias e juntando o cenário que me parecia mais apropriado ao meu "baby boy" que de baby já não tem nada 

A ideia era criar o mini jardim do urso. Para isso andei às pinhas e aos paus. Roubei a um dos avós um bocado de relva artificial e ao outro a trabalheira de me cortar um tronco às rodelas. O regador que o pequeno quis à algum tempo atrás deu um jeitaço do caraças e a planta artificial do IKEA que anda lá por casa também serviu para o efeito. Até a Avó "ESTRELA" contribuiu sem estar presente fisicamente e trouxemos o mini carrinho de mão, que pintei em cinco minutos. Depois dos adereços, o folego do papá para os balões e voilá, aquilo começou a tomar forma.

20180909_151354.jpg

 

O bolo ficou a meu cargo, Migalhas com Amor, e se inicialmente quis mandar vir os bonecos dos EUA, por fim tive de me reiventar e criar a masha e o urso o melhor que soube. Ora esta série de bonecos não é nada se não for retratada a casa do urso e como tal o bolo tinha de ter o espaço destes dois amigos.

20180909_151406.jpg

 

Confesso que me deu um gozo tremendo, e mais ainda uma trabalheira descomunal. Isto de vir de férias à sexta e ter apenas o sábado para orientar tudo não é para todos. Mas sou exigente, e no que toca aos anos dele, gosto sempre de primar pelo bom gosto. A moldura, os bonecos 2D, as placas, a t'shirt, os rótulos das garrafas e os toppers dos cupcakes da simply sugar foram 100%handmade dos papás   e que orgulho tenho nisso 

20180909_151425.jpg

 

20180909_151443.jpg

 

IMG_20180909_151809075.jpg

 

IMG_20180909_151832390.jpg

 

IMG_20180909_151851409.jpg

 

20180913_131327.jpg

 

IMG_20180913_131513328.jpg

 

 

A completar tudo isto tivemos o insúflavel da #Izifun e a talentosa Susana das #FestasdaSu para fazer as pinturas nas carinhas larocas do grupo de amigos.

 

IMG_20180909_173506121.jpg

 

 Nunca nada é perfeito e alguma coisa deverá ter ficado para trás. No peito gosto de guardar boas recordações e sobretudo o sentimento de dever cumprido...e aqui está, é tudo isso que guardo na minha caixinha de memórias. Obrigada a todos os que estiveram presentes e a todos os que fazem do mundo do pequeno príncipe T um mundo melhor 

13
Set18

Carta aberta à professora Cristina (que ainda não conheço...)

Liliana Silva

foto_escola_tiago copy.jpg

 

 

Querida Professora Cristina, 

Ouvi o seu nome há poucos dias e pensei que deveria escrever-lhe estas palavras, mesmo que ainda não nos conheçamos. Senti-me tentada a colocar neste texto o que me vai na alma já há alguns meses e mais agora nestes últimos dias.

Sou mãe de primeira viagem, e quando assim é somos mães de primeira viagem em tudo. Ora na colocação das fraldas, ora na toma do banho do bebe, ora na primeira ida às vacinas. Mais tarde vem o aperto no coração por ter de deixar o rebento com pessoas desconhecidas (no caso o infantário) e eis se não quando chega o primeiro ciclo. Pois assim é, sou mãe de primeira viagem do pequeno principe T que vai ingressar esta ano na primeira aventura séria da sua vida. 

Deixe-me dizer-lhe que apesar de tudo o que sinto cá dentro, não reflecti isso no mini da casa e como tal ele vai de mente aberta e como sempre com aquele heroísmo que gabo às crianças desta idade, sem medos ou receios do que por aí vem. Tem noção que alguma coisa será diferente da pré-primária mas nem fala do assunto, nem me parece ainda ciente que isto da escola primária já o torna num mini adulto sem querer.

Já eu trago as emoções ao rubro e não tento disfarçar em nada esta situação (pelo menos aos demais que comigo socializam). Por isso tive necessidade de escrever-lhe estas palavras. 

Vou entregar-lhe o meu bem mais precioso (creio que já tenha ouvido isto inúmeras vezes) mas é assim que uma mãe vê a sua cria. Não sei se é mãe, não sei onde mora, não sei os seus hábitos...há coisas que não interessam para esta nossa relação que agora se inicia. Interessa-me que saiba que vai acolher na sua sala muitos meninos e todos eles terão os seus feitios bem vincados, a inquietude no corpo, a timidez na fala (ou então não...) e a esperteza das primeiras tentativas. Entre eles estará o princípe T. Um menino de luz e um mini musical. O Tiago não se entusiasma com muita coisa mas tem uma grande paixão...a música. Ele fala a cantar, exprime-se a abanar o pé, pinta um desenho a fazer ritmos com o lápis, abana a cabeça quando lhe contamos uma história, enfim ele gira à volta da música e será por aí que o conseguirá cativar.

Mas mais para além disto, na sala e com ele ficará o meu coração de mãe de primeira viagem. Deste lado está o medo, a ansiedade, a inquietude na mente e no coração. As asas dele estão a ficar maiores. Vou deixá-lo voar um pouco mais longe, ainda por perto eu sei, mas já sem o controlo da educadora e auxiliares que o acompanharam até aqui. Sabe, até aqui fui brindada com pessoas de um coração gigante que sempre acalentaram esta minha missão de mãe. Tivemos a sorte (ele e eu) de ter ao nosso lado profissionais de gabarito e sobretudo seres humanos de excelência que nunca me deixaram ficar na dúvida em nada, e a partir de agora vou deixar de receber fotos a meio do dia de brincadeiras que ele tem, vou deixar de poder enviar mensagem sempre que o deixar mais triste ou preocupado, não será tão fácil ligar apenas porque sim...uma série de coisas que vão fazer falta à minha segurança interior.

Por isso professora Cristina estou a confiar em si para, na medida das suas possibilidades e sabendo das diferenças abismais que tem uma pré de uma primária, olhar pelo meu menino, tal como faria por uma pessoa que gostasse muito. Sei que vão ganhar confiança mútua, que serão amigos dentro da amizade possível entre uma professora e um aluno e quero sobretudo acreditar que apesar do distanciamento que deve haver nestas relações, nunca se distancie o suficiente para saber sempre um pouco mais dele. Peço-lhe atenção quando o achar mais quieto porque pode estar doente, peço-lhe atenção quando o achar mais triste porque pode ter acontecido algo extra-escola, peço-lhe atenção quando o vir meio perdido de pensamentos porque pode não estar a perceber nada do que lhe está a transmitir.

Ficar-lhe-ei eternamente grata se conseguir mantê-lo colado também ao seu coração, como ele tem facilidade em se colar a quem o trata bem. Sabe que isto das emoções são meio caminho andado para que a nossa mente consiga reter o essencial. Espero que possam sorrir muito e gargalhar ainda mais!

Teremos oportunidade de conversar em privado. Terá oportunidade de perceber que não quero ser diferente de nenhum pai e mãe. Saberá que não quero tratamentos especiais. E não tenho nos meus planos que o meu filho seja o "queridinho" da professora". Peço-lhe apenas que para além da relação professora-aluno, possam construir uma história de vivências bonitas que ele e eu possamos recordar no futuro, porque é nas suas mãos que ele ganhará o gosto pela escrita, pela leitura ou até pelas contas. Mas será sobretudo pelas suas mãos que ele vai ganhar asas maiores. E serão essas asas, e a estrutura que elas conseguirem ganhar, que ele vai caminhar por este mundo fora. Será só mais um para si, mas é O meu para mim!

Querida professora Cristina agradeço-lhe muito o tempo que dispensou ao ler estas minhas palavras (se é que elas lhe chegarão...) e desejo para si, para todos os meninos do primeiro ano e para o meu pequeno princípe T um excelente começo, um aventurado desenrolar e um final feliz nesta nova etapa que agora se avizinha.

Assinado: A mãe galinha com um pinto de asas a crescer   

12
Set18

PAI - Porto Abrigo Incondicional - PARABÉNS

Liliana Silva

IMG_20170912_133930527.jpg

 

Ao contrário Dela, não gosto de rezar. Não me compatibilizo com o Deus dela. Não me identifico com as suas escolhas. Nunca gostamos quando nos roubam "algo" e Ele já me tirou muita coisa boa.

Mas Ela sempre soube ensinar-me a encaminhar esta relação da melhor forma que sei, e se não costumo rezar, costumo agradecer-Lhe. Se não costumo rezar costumo pedir-Lhe um pouco de atenção. Acho que não me tenho saído assim tão mal nesta relação e sei que Ele também tem ajudado a tal.

E hoje é dia de Lhe relembrar que preciso Dele, mas sobretudo preciso de ti, meu pai e amigo. Hoje é dia de Lhe dizer que preciso que te mantenhas assim meu porto de abrigo!

Desejávamos que as coisas tivessem sido diferentes. Sonhámos com um futuro diferente. Projectámos rumos distintos. Mas a vida, o destino e as circunstâncias alteraram em muito a nossa caminhada. Rimos e choramos com a mesma facilidade. Chocamos de frente sem que nos apercebamos do feitio idêntico que temos. Não somos perfeitos mas acredito que esta nossa relação é especial. És sem dúvida um candeeiro vivo na minha vida. Permites iluminar as minhas noites de angústia e trazes contigo o sol que necessito para continuar o meu percurso. Raramente te vi impedir-me de algo. Deixaste-me cair para sentir na pele as agruras da vida e estás sempre cá para me resgatar. 

Sorte a minha que te tenhas cruzado na minha vida. Sorte a minha por te terem dado a tarefa de seres MEU! Meu pai, meu amigo, meu confidente, meu leão. Agradeço-Lhe tudo isto porque sei que sou uma abençoada. Porque sei que não poderia ser de outra forma.

Ainda que as coisas não sejam perfeitas, ainda que resmungue muito, ainda que muitos achem que sou tua mãe, a verdade é que me sinto tão ou mais responsável por ti do que tu por mim. E que assim seja por muitos muitos anos. Não me importo de ser rotulada de chata e de resmungona. Só sou plenamente feliz se estiveres bem e daí vou estar sempre aqui para te perguntar como estão os valores da glicémia, para saber da tua tensão, para questionar como estão as tuas pernas inchadas, para confirmar que já tomaste a pilha de comprimidos que todos os dias tens de fazer, para me certificar que levaste a insulina certa, para te perguntar mil e uma vezes se estás bem e como te sentes. Perdoa-me mas preciso de te sentir bem para levar o meu dia melhor.

Aprendemos, com as pancadas que a vida nos dá, a celebrar os dias e não os anos. Hoje celebro mais um dia ao teu lado e hoje apagamos as velas dos teus 68 anos. 

Obrigada por seres o pai atento e preocupado, o avô dedicado e brincalhão, o marido de lembranças vivas. Mereces o melhor e eu cá estarei para tentar proporcionar-te o que de melhor temos para te oferecer...o nosso amor e dedicação. AMO-TE ETERNAMENTE ❤

Parabéns PAI. Parabéns meu Porto de Abrigo Incondicional.

 

04
Set18

Parabéns.... São 6 ❤

Liliana Silva

 

IMG_20180816_114935119.jpg

 

Olho o horizonte em busca de palavras que me façam descrever-te como és na realidade...

Procuro ao fundo as luzes do conhecimento para que todos possam perceber aquilo que significas de verdade...

Levanto os olhos em direcção às estrelas para encontrar o verdadeiro significado que vieste trazer à minha vida...

E de tudo o que faço, de tudo o que procuro, de tudo o que acho...vem-me uma única certeza...Nunca terei capacidade de expressar o quanto és, o quanto significas, o quanto vales, o quanto estás...

Creio que não terás nunca a capacidade de perceber, por muito inteligente que sejas, este amor que te tenho. Não terás nunca capacidade de perceber como te carrego no coração e na alma. Não terás nunca entendimento suficiente para saber que estes sentimentos por ti são extra naturais. E são porque como te escrevo muitas vezes, vieste trazer significado a uma vida que estava despedaçada. Tinha a minha vida nas mãos, em cacos, como se de um copo de cristal falassemos. Conseguiste juntar tudo, aos poucos e lentamente mas conseguiste.

Lamento não te ter amado desde que ouvi o bater do teu coração, desde o teu primeiro respirar, desde o teu primeiro choro. Lamento muito ter-te recebido em clima de choro e tristeza, envolto em clima de morte e de luto. Lamento se não tive a capacidade de me distanciar quando te "puxei" a última vez para este mundo exterior com a certeza que a partir daquele momento, tudo o resto deveria ser minimizado. Não o fiz nem o consegui fazer. Sei que o que fiz foi sobreviver e carreguei-te no colo para que sobrevivesses comigo...

E o que fizeste tu???

Deste-me a maior lição de vida que tenho até hoje!

Ensinaste-me a amar de um jeito que nunca ninguém será capaz de amar!

Ensinaste-me que um ser precisa sempre de uma força maior para continuar a lutar.

Ensinaste-me que isto de ser mãe tem muito que se lhe diga e pouco de perfeição e de coisas bem feitas.

Ensinaste-me que não há limites, quando o brilho no olhar de quem amamos será sempre a nossa maior arma.

Continuo revoltada com o nosso Deus, mas agradeço-lhe todos os dias ter-te posto no meu caminho...és especial, não por ser meu, mas porque trazes no teu interior um brilho e uma luz únicos, que me fazem sempre olhar o horizonte com a certeza de que não somos perfeitos, somos especiais.

Só poderias ser TU...não fazia sentido que fosse de outra maneira... TU és a luz dos meus olhos e a melodia dos meus dias...

Sortudos daqueles que têm o privilégio de cruzar o teu caminho, única e simplesmente pela alegria pura que transmites. És sem dúvida um menino de ritmo e de felicidade.

Sabes quanto pesa a palavra saudade?! O mesmo peso que carrego porque te amo!! Não sei falar de ti sem que sinta saudade dela e não sei pensar nela sem que do amor que te tenho me lembre.

Parabéns pequeno príncipe T

Parabéns meu querido mananeco

Parabéns mini meu

Parabéns filho meu e do mundo

 

01
Set18

O ETERNO SETEMBRO DAS NOSSAS VIDAS

Liliana Silva

setembro-TatiC.jpg

Chegou...

Veio para ficar...

Para ver e para estar...

30 dias mais para caminhar ordeiramente carregando no corpo a ânsia de ser ainda mais feliz.

Setembro está aqui...o nosso Setembro...o mês a vida, de celebração, de pausa e de animação. 

Setembro está aqui...o teu Setembro...o mês em que fechas uma mão e começas a segunda com maior entusiasmo, mais responsabilidade e renovadas etapas.

Setembro está aqui...o Setembro dos regressos para uns e de pausas para outros. 

Nós juntamos tudo...fazemos um mix...e voamos ao som das gargalhadas e das chamadas de atenção. 

Neste Setembro ganhas a tua primeira maioridade e de mãos juntas vamos trilhar novos caminhos...

Vem daí Setembro...estamos prontos para te receber de chinelos e de te dizer adeus de mochila às costas.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D