Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ele, o microfone e a mamã

"Radicalismos" de uma mãe galinha, rabiscos e cantorias do pequeno príncipe T e vida, muita vida para vos mostrar. No nosso T3 vivemos e sorrimos muito.

Ele, o microfone e a mamã

"Radicalismos" de uma mãe galinha, rabiscos e cantorias do pequeno príncipe T e vida, muita vida para vos mostrar. No nosso T3 vivemos e sorrimos muito.

O Óscar da tua vida!!

26.02.19 | Liliana Silva

IMG_0083.JPG

 

And the Oscar goes to...

Recebes um óscar de melhor atriz/actor quando pegas na história da tua vida e a transformas no triler mais emotivo, mais dramático, mais aventureiro, mais tudo...

O melhor filme é sem dúvida a história que consegues trilhar e traçar durante todos os teus dias. Cada etapa é um novo capítulo, cada capítulo traz mais acção ou mais romantismo. Conseguirás este óscar se souberes escrever nas linhas da tua vida com canetas coloridas. Pinta o amor de rosa e a paixão de vermelho. Pinta as aventuras de laranja. A felicidade de azul marinho. As gargalhadas de amarelo. Faz o teu arco-iris e segue em frente com a certeza de que és mesmo feliz. 

Serás um melhor actor/actriz secundário se te conseguires manter à margem dos conflitos, dos jogos de poder, das intrigas que os outros queiram trazer para a tua vida. Não passes despercebido, isso NUNCA, mas mantém-te na segunda fila sempre que achares que não tens de deixar uma marca pessoal, mas sim uma marca comunitária e imprescindível.

A melhor fotografia não precisa de ser o teu melhor sorriso, a tua melhor gargalhada ou a tua pose mais sensual. Recebes o óscar para melhor fotografia onde o teu olhar consiga transparecer o teu verdadeiro eu e a tua alma possa demosntrar o quanto aquele momento foi importante para ti.

A melhor produção artística será sem sombra de dúvida o momento em que te consigas exprimir perante os outros da mesma maneira como tu próprio vês e crês no mundo.

O melhor argumento?

O da tua experiência, das tuas vivências, das tuas vitórias mas também das tuas derrotas sairá o óscar para melhor argumento. Porque ainda que tudo falhe, se fores realmente verdadeiro, se souberes encarar de frente, se puderes escolher os melhores para estarem ao teu lado e fizeres disso a tua vida, terás com certeza hipóteses redobradas de um caminho mais direito e menos estreito.

A tua vida é uma constante carreira cinematográfica. Estás em constante avaliação. Tens os olhos dos outros em cima do que dizes e do que fazes. Faças bem ou menos bem, as críticas vão surgir sempre. Faças bem ou menos bem há sempre quem te aplauda de pé e quem revire os olhos com dor de cotovelo. O filme da tua vida não depende dos outros, depende de ti. Provavelmente nunca conseguirás ganhar todas as categorias ao mesmo tempo. Haverá alturas em que sairás derrotado pelas circunstâncias ao teu redor, mas lembra-te que o melhor trabalho é aquele que vamos construindo com garra e determinação, com humildade e dedicação, porque aqui" A vida não permite ensaios".

Ps. Dedicado a ti meu filho perfeitamente imperfeito de um amor sem igual e uma luz própria imensamente colorida.

 

É a vida...a que nos mostra a seguir...

19.02.19 | Liliana Silva

IMG_0514.JPG

 

O mini musical esteve todo o fim de semana sem tocar no tablet, nas colunas, nos microfones e consequentemente na música...esteve de castigo.

Só Deus sabe o que me custou levar esta consequência até ao fim. Atrevo-me até a dizer que só eu sei o quanto foi difícil para ele esta medida. 

Lamento ainda não conseguir praticar isso da educação positiva, da parentalidade consciente,etc...têm sido dias atípicos e precisava de o parar, de o por a reflectir, de lhe mostrar sem impor o medo das palmadas, que ele tem de saber certos limites. Sexta feira à noite quebrei e calmamente avisei da minha decisão. Quando percebeu do que realmente estava em causa caiu-lhe a ficha e chorou muito, disse que estava triste, pediu desculpa vezes sem conta. Deitei-o e dado o estado alterado em que estava optei por me deitar com ele, explicar-lhe que gostava muito dele e que era  por isso mesmo que tinha de lhe demonstrar este amor também pondo travão ao que achava serem comportamentos desmedidos da sua parte.

Houve momentos no fim de semana que quase deitaram por terra esta minha decisão...ou Porque achava que ele até já se estava a comportar melhor ou porque lá vinha aquela carinha de Santo com miminho no auge para quebrar o gelo...

Fiz com que tivesse um fim de semana preenchido...desenhou e pintou mais do que muitos outros dias, brincou com carrinhos, fez um teatro...enfim deu uso a um sem número de coisas que tem e nunca usa pelo seu fascínio com a música. 

Ontem quando me deitei com ele, depois da história e prontos para fechar os olhos agarra-me na mão e sussurra:

Adoro-te mãe.

Não sei se tem bem noção daquilo que diz...mas a intensidade e o olhar calmo  e sereno com que o disse marcaram-me profundamente...e continuou:

"Mãe obrigada por seres quem és..."

"Sou tua mãe Príncipe, é meu objectivo de vida fazer-te feliz..."

"Mas tu fazes sempre tudo o que podes e não podes por mim. Sabes que todos os meninos e meninas deviam ter uma mãe assim...tu aguentas sempre muito..."

"Meu amor quero acreditar que as mães dos outros meninos e meninas fazem o melhor que sabem e podem."

Se tenho palavras?? Não...

 

Dia Internacional da Criança com Cancro

15.02.19 | Liliana Silva

 

cancer-infantil-528x368.png

 

Ontem falou -se de amor...

Comemorou-se a paixão...

Fizeram -se juras de amor eterno...

Comemoramos a felicidade...

Hoje a normalidade dos dias faz -nos esquecer de agradecer a vida! Somos muito em alguns dias e perdemo-nos noutros tantos. 

Hoje ao invés de se lembrar os afectos lembrem -se das milhares de crianças espalhadas por esse mundo fora que lutam contra um bicho papão. Hoje é dia mundial da luta contra o cancro infantil. Hoje não podemos nem devemos florear o dia. Hoje devemos ter consciência de que esta dor aparece sem nos darmos conta. Um prognóstico reservado, uma luta silenciosa, muitos dias de angústia e outros tantos de resignação. 

Hoje, particularmente quero homenagear-vos, meninos e meninas que são autênticos super heróis de cabeças rapadas, de fios alojados no corpo, de seringas que vos marcam as veias...Quero que quem me lê, e tem tudo,pense em vocês, que com as poucas esperanças que vos dão conseguem encher o peito de força e coragem para ultrapassar este maldito bicho.

Se num adulto já é ingrato, numa criança é inglório. Porque seres assim não deviam ser postos à prova com tamanho sofrimento. 

A vocês que me lêem...aproveitem cada dia das vossas vidas sem surpresas destas, porque acreditem receber este diagnóstico deita por terra qualquer capacidade de acreditar no que quer que seja.

Aos pais, cuidadores e acompanhantes destas crianças muita luta, muitas lágrimas limpas com vontade de seguir em frente.

A vocês meus anjos na terra, acreditem sempre que são maiores do que esse bicho e que o vão derrotar com a vossa capacidade prática e tão acertada de combater as adversidades da vida.

A todos nós e porque faz sentido falar disto, sejamos dadores de sangue e de medula óssea...quem sabe um dia não viramos também heróis sem capa para estes meninos.

Porra para isto...as Mulheres merecem MAIS!!

07.02.19 | Liliana Silva

sydney-sims-521161-unsplash_770x433_acf_cropped.jp

 

Evitei pegar ontem neste assunto porque o que fosse escrever manifestava a raiva pura e dura que sinto cá dentro. Passaram 24h e nem por isso este sentimento amainou...

Voltamos a abrir noticiários com as piores legendas possíveis. Voltamos a falar de morte, de violência, de egoísmo, de loucura. Voltamos a encarar este problema como mais um. Mas desta vez temos um ser de dois anos que, sem querer, pedir ou fazer por merecer foi morta pelo próprio pai com contornos de monstruosidade tais que me dá nojo chamar esta coisa de homem quanto mais de pai.

Voltamos a ter uma mulher que fez tudo bem...temos uma mulher que deixou o que achava que não estava bem, que se afastou da pessoa problemática, que fez queixa da mesma vezes e vezes sem conta. Temos uma família que ajudou esta mulher e esta criança, que as amparou e que de tudo fez para terminar esta relação doentia. Temos as autoridades que reportaram o caso como muito crítico e temos no final disto tudo um autêntico banho de sangue quando tudo poderia ter sido evitado.

Aqui houve erro humano!! Aqui alguém falhou para com esta Mulher, para com esta criança, para com esta família, para a sociedade!! 

Lamento escrever isto, mas houve falhas. A principal, de quem não teve tomates suficientes para colocar este monstro atrás das grades assim que foram feitas as denúncias e apurados os factos. Depois a falha de todos os que se cruzaram no caminho desta Mulher e nada fizeram por acharem que não deveriam intrometer-se nos problemas conjugais do suposto casal! Violência doméstica é CRIME!! CRIME PÚBLICO que PODE, DEVE E TEM de ser comunicado às autoridades.

No próximo mês estaremos a celebrar o dia da mulher com brindes, saídas à noite, jantares com as amigas...mas estaremos a celebrar efectivemante o quê? A continuidade dos maus tratos a tantas outras? A continuidade da conivência com a sociedade em geral? A continuidade do silêncio e do "entre marido e mulher não se mete a colher"? Afinal que dia da Mulher celebramos nós? Sim porque não pode haver celebração de um dia quando o que assistimos diariamente é ao oposto. A Mulher continua a ser inferiorizada por muitos quando temos já neste primeiro mês do ano 9 mulheres mortas às mãos de seres egoístas, ciumentos e loucos, capazes de por fim à vida humana e de deixar os filhos à mercê da sorte e do destino.

A Lara não pediu para morrer assim! A Lara não pediu para ser assassinada. Era uma bébé de 2 anos caraças...como podemos viver com este peso nos ombros??? Quantas mais Mulheres têm de morrer? Quantas mais crianças têm de ficar orfãs para que se dê prioridade às vítimas e não aos agressores? Sim porque esses continuam a ter o direito à defesa, ao perdão e mais tarde à reinserção...e as Mulheres minha gente??? Onde colocamos as Mulheres??? Onde "vingamos" as vítimas?! 

Mudemos as leis! Mudemos as mentalidades! Castigue-se severamente quem pune impunemente!!