Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ele, o microfone e a mamã

"Radicalismos" de uma mãe galinha, rabiscos e cantorias do pequeno príncipe T e vida, muita vida para vos mostrar. No nosso T3 vivemos e sorrimos muito.

"Radicalismos" de uma mãe galinha, rabiscos e cantorias do pequeno príncipe T e vida, muita vida para vos mostrar. No nosso T3 vivemos e sorrimos muito.

Ele, o microfone e a mamã

30
Out18

A Magia dos dias bons...

Liliana Silva

240_F_192573053_xtOTIrq7Zd8a5mM8XoMzZlWDFyeBDpH1.j

Foram dois dias alucinantes...

Andámos à roda deste fim-de-semana poucos dias antes de sabermos o que realmente nos estava destinado. E soube-me a batatas fritas com gelado (para mim iguaria dos deuses )

Não saímos muito devido aos compromissos profissionais do marido colorido e confesso que isso choca um pouco contra a minha enorme vontade de conhecer os recantos deste nosso país à beira mar plantado. Mas a verdade é que a vida segue assim e nós só temos de saber dar a volta e contornar a rotunda, saindo na primeira saída sempre que possível. E foi isso mesmo que fizemos.

Isto não estava na agenda,isto não estava programado, isto não estava nos nossos planos, mas quando falamos de sonhos a coisa fala ao coração e movemos montanhas, sobretudo por um filho.

E eu gosto tanto destas saídas assim...sem previsões, sem planos, sem marcações...creio eu que correm sempre melhor quando não colocamos demasiadas expectativas nas coisas. Acho eu que, o menos é sempre mais e quanto menos usarmos o megafone para dar conta da nossa vida estamos a proteger um pouco o nosso objectivo principal...SERMOS FELIZES.

Passei o Verão todo a desejar visitar o tão afamado parque Jurássico, o enigmático parque dos Dinossauros...

 

44956651_286867858831495_753335949458407424_n.jpg

 

Ora saímos de casa e onde vamos parar?! Rodeados de criaturas grandes e cheias de histórias para nos contar. Mas disso falarei mais em pormenor num outro post, digno de registo único, tal é a dimensão deste grande parque que conta com cerca de 120 modelos de dinossauros e outros animais à escala real. O pequeno príncipe T sabia apenas que íamos dar um passeio até Lisboa, íamos visitar a família e só isso já era motivo de excitação para ele. Quando percebeu onde estava os olhos dele brilharam e só sabia agradecer o facto de o termos levado ali.

Ele que estava "limitado" por uma reacção alérgica que fez à picada de um bicharoco uns dias antes, delirou, correu, tirou fotografias, rabujou porque a mamã é viciada em fotos, riu e foi livre durante aquelas horas que por ali andámos.

Visita feita e terminada foi hora de nos fazermos novamente à estrada. E que estrada...Apanhamos grande parte do percurso junto à costa e digo-vos que tenho plena noção que ver um por do sol na praia é sem dúvida uma experiência única e deslumbrante. Parámos para sentir a areia em pleno Outono, para ver as ondas agitadas de um dia solarengo, para respirar aquele ar que só o mar nos consegue oferecer, para olhar o horizonte e simplesmente esvaziar a mente...epah foi mágico para mim. Daquelas sensações que não me importava de repetir vezes sem conta.

 

44953710_322807111895627_2708556911166357504_n.jpg

 

E no dia seguinte as emoções estavam ao rubro. O Tiago ía realizar um sonho. Pouco sabia do assunto, não queríamos que levasse no coração o nervosismo e o extâse daquele momento. Queríamos mesmo que usufruisse daqueles instantes genuinamente, como só ele sabe ser. Queríamos sobretudo que se pudesse divertir numa coisa que ele gosta de fazer, que é cantar e que fosse feliz com o amiguinho de sempre, o PANDA. Teremos muito para contar também sobre esta aventura, mas mais uma vez é digno que fique registado num outro post, porque vos digo que foi MÁGICO.

44974750_1098256147010096_464479899650883584_n.jpg

 

Depois de tanta coisa, trouxe o meu coração carregado de boas energias e a mente organizada para mais uma época(outono/inverno ). Depois destes dois dias, voltei com a certeza que estes "imprevistos" nos fazem crer que a vida ainda tem tanto para nos dar. Olhando para trás, regressei convicta que existo para os ver felizes, ou melhor para sermos felizes com o pouco que conseguimos transformar em tanto.

Confesso que estas saídas me fortalecem e me fazem acreditar que posso ser mais e melhor.

Obrigada marido colorido por me ajudares a colocar em prática as minhas aventuras sem igual. Acredito que não somos diferentes...somos apenas especiais.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D