Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ele, o microfone e a mamã

"Radicalismos" de uma mãe galinha, rabiscos e cantorias do pequeno príncipe T e vida, muita vida para vos mostrar. No nosso T3 vivemos e sorrimos muito.

Ele, o microfone e a mamã

"Radicalismos" de uma mãe galinha, rabiscos e cantorias do pequeno príncipe T e vida, muita vida para vos mostrar. No nosso T3 vivemos e sorrimos muito.

A mamã também se zanga...

29.06.17 | Liliana Silva

Parece-me um pouco controverso mostrar apenas um lado. Parece-me contraditório falar apenas de coisas boas, de momentos mágicos, de sorrisos, quando o que vivemos é uma vida e não um conto de fadas. Como tal seria injusto para mim mas principalmente para quem nos segue mostrar apenas o arco-iris, quando em muitos outros dias o céu amanhece bem mais cinzento. 

E hoje, para além de termos realmente o sol escondido, o pequeno principe T tambem amanheceu rabugento, com manias, com vontade de implicar e de armar birras. Não, ele não escolhe a roupa dele, nem rabuja com isso. Não tem preferencia pelo pequeno almoço (desde que não fuja muito àquilo que costuma comer) portanto também não é isso que o faz embirrar...o grande problema dele é que apesar de se deitar a horas decentes acorda sempre com muito pouca vontade para se levantar. Gosta de fazer ronha, gosta que me deite com ele, que brinquemos como se não houvesse hora marcada para sair de casa, gosta de entrar no seu "mundo" e de se perder comigo por entre os bonecos e os lençóis. Ele gosta e eu também. E confesso que dava tudo para que isso pudesse acontecer todos os dias sem stresses nem correrias e confesso que nem que sejam 5minutos tento que isso possa acontecer diariamente e sim também confesso (baixinho e que ninguém repare nisto) que raramente consigo chegar a horas ao meu trabalho, sorte a minha que tenho seres humanos como colegas e superiores que sabem deste facto porque quem dá também recebe em troca. Mas hoje não consegui, hoje adormeci por mais 10 minutos, o que fez toda a diferença e pimba, foi o caos. E foi o caos porque engoli a comida e parti para o quarto dele com a missão de o levantar a todo o custo. Só que não, ele não estava para aí virado e por mais vezes que dissesse que "estávamos atrasados", célebre frase nas nossas manhãs, mais ele se enfiava pelos lençóis abaixo e esperneava e gritava e eu a começar a perder os poucos miolos que ainda me diziam para ter calma.

Ora claro está que, peguei na roupa da cama e esvoaçou tudo para trás. Peguei nele, e só não voou também porque ainda estava de olhos semi-cerrados (brincadeira), vesti-o ainda deitado, vá imaginem a minha figura e a minha ginástica no meio de gargalhadas e gritarias (sim porque a esta altura do campenato já ele tinha acordado a 100% e tinha cócegas em mais de metade do corpo). A roupa tinha sido enfiada à pressão...faltava levantá-lo e aí caros amigos e amigas a porca torceu o rabo...uiiii a porca torceu o rabo e o pequeno levantou-me a mão. Caldo entornado, peguei-lhe na mão e dei-lhe uma palmada, chorou e chorou e eu deixei-o chorar e pensar naquilo que tinha feito. Na ida para o pequeno almoço na cozinha tivemos uma mini conversa (sim uma conversa de corredor ahaha), acalmou e pediu desculpa. E pimba voltou a ronha e voltou a célebre frase do "estamos atrasados". Comeu, lavou os dentes e pegou na lancheira...depois?! Depois já tudo tinha passado e tudo voltou ao normal...e apesar de eu ficar sempre a pensar nestas coisas porque detesto vê-lo chorar, a remoer-me cá por dentro...chegámos à rua e houve tempo para escondidas, para uma corrida a dois, onde como ele disse "fomos uma equipa e por isso ganhámos os dois" e para um longo abraço de até logo. 

Ele ficou já distraído com os seus afazeres e eu regressei duas vezes à porta para espreitar, para me certificar que estava mesmo tudo normal. E ficou mesmo tudo normal, ficou porque neste nosso T3 sabemos que os contos de fadas são pequenos faz-de-conta que nos servem de lição para os dias em que o sol nem sempre sabe espreitar mas está sempre cá

IMG_20170627_184440611.jpg

4 comentários

Comentar post