Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ele, o microfone e a mamã

"Radicalismos" de uma mãe galinha, rabiscos e cantorias do pequeno príncipe T e vida, muita vida para vos mostrar. No nosso T3 vivemos e sorrimos muito.

Ele, o microfone e a mamã

"Radicalismos" de uma mãe galinha, rabiscos e cantorias do pequeno príncipe T e vida, muita vida para vos mostrar. No nosso T3 vivemos e sorrimos muito.

A minha família imperfeita

15.05.19 | Liliana Silva

 

IMG_1059.JPG

Celebra-se hoje o Dia da Familia 

Pegando neste nosso retrato percebo que somos tão perfeitos quanto de imperfeições temos. Ora vejamos...ainda não consigo controlar os meus gritos com o miúdo quando me salta a tampa...

Fico sempre com a sobrancelha inclinada quando o querido marido colorido deixa os chinelos no meio da sala ou o rolo do papel higiênico por repor...

Eles não podem com a minha mania de querer tudo minimamente apresentável.  

O mais crescido acha sempre que o troco por um bom cesto da roupa por passar e o mini da casa detesta que o mande baixar o volume da música. 

Eu volto a enfurecer quando a tampa da sanita não volta ao sítio certo ou quando tenho de levar as chávenas do café que ficam na sala (eu não bebo cafeeeeee).

Posto isto, e em apenas alguns exemplos desta nossa vida a três percebemos que a vida em família é tudo menos um conto de fadas,porque viver em família é conjugar feitios, defeitos, sentimentos e emoções, e tudo isto dá uma grande mixórdia, as vezes sem grande sentido.

No meio de tudo isto, e no mais íntimo de nós, percebemos (depois dos cabelos em pé) que não vivemos uns sem os outros! Percebemos que o silêncio já não faz assim tanto sentido na maioria dos dias, que a agitação e o corre corre da vida dão lugar a abraços apertados e demorados, que a barafunda de temas nos permite sentar à mesa e conversar, ainda que interrompidos quer por uns ou outros.

Ser família é isto! Ser família é saber que cada cabeça sua sentença mas que no final o barco rema sempre para o mesmo porto.

Ser família é dividir as presenças mas continuarmos unidos pelos corações. 

No fim de tudo, e por muito que houvesse a apontar, porque há sempre e porque ninguém é perfeito, não trocava esta minha família feliz. 

2 comentários

Comentar post