Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ele, o microfone e a mamã

"Radicalismos" de uma mãe galinha, rabiscos e cantorias do pequeno príncipe T e vida, muita vida para vos mostrar. No nosso T3 vivemos e sorrimos muito.

Ele, o microfone e a mamã

"Radicalismos" de uma mãe galinha, rabiscos e cantorias do pequeno príncipe T e vida, muita vida para vos mostrar. No nosso T3 vivemos e sorrimos muito.

Celebrar o AMOR

17.07.17 | Liliana Silva

Quando celebramos o amor a vida corre mais devagar.

Quando celebramos o amor o tempo não voa porque aproveitamos o melhor e com os melhores.

Quando celebramos o amor ficamos mais ricos de paz, de espirito, de alma e de coração.

Quando celebramos o amor as injustiças parecem menores, os medos não têm a proporção de sempre, e a raiva deixa de existir.

Quando celebramos o amor temos sempre a certeza que vá onde formos seremos com certeza muito felizes.

Quando celebramos o amor aquilo que nos afasta só faz sentido viver se estivermos juntos.

Datas são datas. Têm a proporção que lhe dermos. Mas as datas são para ser celebradas, lembradas e guardadas. As datas servem fapa festejar, para animar e para amar.

Celebremos este 17/07/17 com a certeza que os dias menos bons só são ultrapassados quando celebramos o AMOR.

20170615_145754.jpg