Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ele, o microfone e a mamã

"Radicalismos" de uma mãe galinha, rabiscos e cantorias do pequeno príncipe T e vida, muita vida para vos mostrar. No nosso T3 vivemos e sorrimos muito.

Ele, o microfone e a mamã

"Radicalismos" de uma mãe galinha, rabiscos e cantorias do pequeno príncipe T e vida, muita vida para vos mostrar. No nosso T3 vivemos e sorrimos muito.

É a vida...a que nos mostra a seguir...

19.02.19 | Liliana Silva

IMG_0514.JPG

 

O mini musical esteve todo o fim de semana sem tocar no tablet, nas colunas, nos microfones e consequentemente na música...esteve de castigo.

Só Deus sabe o que me custou levar esta consequência até ao fim. Atrevo-me até a dizer que só eu sei o quanto foi difícil para ele esta medida. 

Lamento ainda não conseguir praticar isso da educação positiva, da parentalidade consciente,etc...têm sido dias atípicos e precisava de o parar, de o por a reflectir, de lhe mostrar sem impor o medo das palmadas, que ele tem de saber certos limites. Sexta feira à noite quebrei e calmamente avisei da minha decisão. Quando percebeu do que realmente estava em causa caiu-lhe a ficha e chorou muito, disse que estava triste, pediu desculpa vezes sem conta. Deitei-o e dado o estado alterado em que estava optei por me deitar com ele, explicar-lhe que gostava muito dele e que era  por isso mesmo que tinha de lhe demonstrar este amor também pondo travão ao que achava serem comportamentos desmedidos da sua parte.

Houve momentos no fim de semana que quase deitaram por terra esta minha decisão...ou Porque achava que ele até já se estava a comportar melhor ou porque lá vinha aquela carinha de Santo com miminho no auge para quebrar o gelo...

Fiz com que tivesse um fim de semana preenchido...desenhou e pintou mais do que muitos outros dias, brincou com carrinhos, fez um teatro...enfim deu uso a um sem número de coisas que tem e nunca usa pelo seu fascínio com a música. 

Ontem quando me deitei com ele, depois da história e prontos para fechar os olhos agarra-me na mão e sussurra:

Adoro-te mãe.

Não sei se tem bem noção daquilo que diz...mas a intensidade e o olhar calmo  e sereno com que o disse marcaram-me profundamente...e continuou:

"Mãe obrigada por seres quem és..."

"Sou tua mãe Príncipe, é meu objectivo de vida fazer-te feliz..."

"Mas tu fazes sempre tudo o que podes e não podes por mim. Sabes que todos os meninos e meninas deviam ter uma mãe assim...tu aguentas sempre muito..."

"Meu amor quero acreditar que as mães dos outros meninos e meninas fazem o melhor que sabem e podem."

Se tenho palavras?? Não...

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.