Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ele, o microfone e a mamã

"Radicalismos" de uma mãe galinha, rabiscos e cantorias do pequeno príncipe T e vida, muita vida para vos mostrar. No nosso T3 vivemos e sorrimos muito.

Ele, o microfone e a mamã

"Radicalismos" de uma mãe galinha, rabiscos e cantorias do pequeno príncipe T e vida, muita vida para vos mostrar. No nosso T3 vivemos e sorrimos muito.

O MEU curso intensivo para a vida!

11.08.17 | Liliana Silva

Tiago-68.jpg

 

 

Well, well, well...

Escrevo-te ao som de música contagiante, ao som de música de verão, ao som de música que faz vibrar e sabes porquê?! Porque me faz lembrar de ti. Faz-me lembrar o teu ritmo, a tua energia contagiante, as tuas gargalhadas desprovidas de sensatez mas cheias de felicidade. Escrevo-te, porque dizem hoje ser o dia do filho...hoje?! Hum...olha o cliché...hoje e sempre. E continuo a escrever-te porque as aventuras que passamos serão sempre um bom tema para artigos, para crónicas da minha opinião de mamã babada, para frases que marcarão as linhas da nossa vida.

E sabes porque te escrevo assim com esta determinação e veracidade?! Para que me possas ler um dia mais tarde, para que te possas conhecer enquanto criança que hoje és, e para que saibas o orgulho desmedido que tenho em nós. Sim em nós. Orgulho por ter seguido o meu coração e ter tido a coragem de te trazer para junto de mim. Orgulho porque no que está ao meu alcance “ofereço-te” a magia com que quero que sempre vejas este mundo. Orgulho porque acredito que fazendo-te feliz, tu darás o troco na mesma medida e farás com certeza muito mais gente feliz ao teu redor. Orgulho em ti porque a cada amanhecer tens um propósito renovado. Orgulho em ti porque és verdadeiro, porque ainda não carregas nos ombros as responsabilidades de adultos mal encarados e zangados com a vida. Orgulho em ti porque sei que és verdadeiro, és sensível e és ponderado. Orgulho em ti porque contigo aprendi a ser uma melhor pessoa, porque contigo aprendi que as forças estão sempre escondidas num local mágico que só cada um tem a sua própria chave.

Orgulho em nós, porque não somos perfeitos mas seremos eternamente felizes naquilo que considerarmos como felicidade. Orgulho porque mesmo em dias maus, conseguimos sempre ver a luz ao fundo do túnel e quando assim não é não saímos da carruagem, seguimos em frente encarando sempre de frente as adversidades da vida.

E escrevo-te, meu filho perfeitamente imperfeito, para que saibas sempre que este mundo não é cor de rosa, mas que poderás pintá-lo de arco-iris sempre que queiras, e para que queiras basta que foques as tuas energias, estas que agora tens, estas energias de criança feliz, de criança alegre, de criança que tudo pode. Guarda-as num cantinho do teu bom coração, as reservas que fizeres destas energias nunca serão demais, e utiliza-as sempre que precisares ou sempre que aches que alguém ao teu redor precisar de um empréstimo para a vida. É desses empréstimos e dessas utilizações que a vida se vai tornar menos pesada e mais livre.

Todos os dias são teus porque nasceste para isso mesmo, para conquistar. Para me fazer acreditar que tudo vale realmente a pena.