Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ele, o microfone e a mamã

"Radicalismos" de uma mãe galinha, rabiscos e cantorias do pequeno príncipe T e vida, muita vida para vos mostrar. No nosso T3 vivemos e sorrimos muito.

"Radicalismos" de uma mãe galinha, rabiscos e cantorias do pequeno príncipe T e vida, muita vida para vos mostrar. No nosso T3 vivemos e sorrimos muito.

Ele, o microfone e a mamã

06
Fev18

Os curtos meses deste espaço público e pessoal

Liliana Silva

blog microfone copy.jpg

 

Continuo com muito para dizer e escrever, continuo com as ideias a fervilhar, continuo com projectos por concretizar...

Continuo a falar com a emoção e a sentir com o coração...

Não me tornei famosa, nem blogger do ano (ahahaha)

Não me deixei iludir com este projecto e sinto que a cada dia que passa a sensação de o reconhecer é muito mais importante que qualquer "contrato comercial".

Criei este espaço com o intuito de partilhar os meus sentimentos e as aventuras vividas com o mini cá de casa. Criei este espaço para que um dia mais tarde ele possa folhear estas páginas digitais e se possa recordar das maluquices que a mãe fez e faz por ele e com ele. Criei este espaço em forma de diário público, sem manias e muito menos sem opiniões extremadas sobre qualquer tipo de assunto. Criei este blog para que percebam que as "gentes do interior" também consegue grandes feitos e não pode nem deve ficar esquecido na "santa terrinha". 

E nestes primeiros meses do projecto, dou-vos a conhecer 6 factos com os quais me identifico e quero que conheçam:

 

1. Não quero com este espaço tornar-me numa pessoa conhecida. Gosto sobretudo que se riam, sorriam, chorem com as minhas palavras e soltem gargalhadas com as traquinices do mini. Faço isto para que sintam as emoções do dia-a-dia.

2. Não sou nenhuma bloguer, não sei sequer quais as "directrizes" para o ser, não tenho milhares de seguidores...se um dia isso acontecer, gostarei?! Sim vou gostar única e exclusivamente porque sei que em nenhuma casa, em nenhum lar, em nenhuma família as coisas são perfeitas e aqui percebem isso mesmo. Se é uma ambição desmedida? Claramente que não.

3. Desengane-se quem acha que pretendo imitar, copiar ou ser parecida a muitas outras bloguers ou pessoas que escrevem nos blogues. Os termos que aqui usamos para chamar o miúdo, para tratar o marido, para me apelidar a mim própria não são meus nem são de ninguém, são universais. Provavelmente em muitas das vossas casas estes nomes soam familiar...porque cada um de nós é único mas no fim vivemos numa sociedade global que nos permite adoptar apelidos e alcunhas de acordo com o que é o nosso "intímo e a nossa privacidade".

4. Não apareço com o pequeno príncipe T em inaugurações de lojas, não faço capas de revistas, não nos oferecem as últimas novidades em brinquedos e tecnologias para que possamos analisar e divulgar, mas será isso o mais importante deste projecto? Sem dúvida que não. O objectivo inicial está a cumprir-se...um dia "vais-te passar" com o que a mãe disse e fez "de ti" (meddoooooo ahahaha).

5. Faço isto de coração. Não o faço por vocês, faço-o por mim e para mim. É um escape e se este escape permitir abranger mais pessoas e torná-las mais "felizes" que assim seja sempre.

6. Quero publicar um livro, não sobre este tema e sobre esta aventura, mas igualmente enternecedor e característico desta minha maneira de levar a vida...está aí 2018...só preciso de força para o terminar.

E quero deixar-vos uma nota de rodapé que há dias retive de um blogue com as mesmas caracteristicas...tenho tido um feedback muito positivo, as pessoas chamam-me na rua para dar os parabéns, para contar as peripécias que surgiram com as cantorias do pequeno principe T, e muitas delas, em off, acabam por dizer que se revêm em muitas das palavras que por aqui vou largando. O pedido que vos faço?? É que façam este espaço crescer. Coloquem like nos artigos quando assim é o vosso desejo (para mim enquanto autora deste projecto é muito importante saber que estou a "chegar" às pessoas), partilhem sempre que acharem que estas nossas vivências podem ajudar outros pais e mães, divulguem a página e o blogue... Aqui rimos e choramos, aqui explodimos e amenizamos, aqui nem tudo é certo ou errado.

Destes curtos meses retenho o essencial: o carinho com que temos sido recebidos e os sorrisos que temos deixado cada vez que se fala no pequeno príncipe T.

 

OBRIGADA

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D