Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ele, o microfone e a mamã

"Radicalismos" de uma mãe galinha, rabiscos e cantorias do pequeno príncipe T e vida, muita vida para vos mostrar. No nosso T3 vivemos e sorrimos muito.

"Radicalismos" de uma mãe galinha, rabiscos e cantorias do pequeno príncipe T e vida, muita vida para vos mostrar. No nosso T3 vivemos e sorrimos muito.

Ele, o microfone e a mamã

26
Jul18

Os Parceiros do Crime!!

Liliana Silva

IMG_20180726_084931730.jpg

 

Carta aberta

Aos avós do meu filho:

Não tenho vontade de rir quando imagino todas as "asneiras" que fazem contigo 

Não gosto quando me desautorizam

Não gosto quando te oferecem sumos em vez de água

Não gosto quando te dão bolachas de chocolate ao invés de um snack mais saudável e cuidado

Não gosto quando te deixam deitar-se tarde

Não gosto quando vens de nariz empinado porque passaste o dia a fazer o que querias e bem te apetecia sem ser repreendido

Não gosto quando estou a repreender e por trás já estão eles de braços abertos

Não gosto 

Não acho lá muita piada e perdoem-me se os queridos leitores ficam chocados com isso. Eu não gosto! E sei que lá no fundo, muitos de nós pais têm a mesma opinião que eu, mas a fraqueza de o exteriorizar assim tão francamente.

Eu não gosto! Sinto-me ultrapassada em muitas destas situações e isso deixa-me de cabelos em pé!

Mas vejamos bem...isto de ser avô tem o seu "quê" de magia...

Quando me desautorizam estão a ensinar-te que deves experimentar emoções novas

Quando te oferecem sumo estão a permitir que adoces a vida 

Quando te dão bolachas de chocolate estão a mostrar-te que isto da caminhada por este mundo pode ter um sabor extremamente bom

Quando te deixam deitar tarde é sinal de que estás ocupado com sorrisos e gargalhadas

Quando te deixam fazer tudo o que queres estão a dar-te o poder das escolhas e das consequências 

Quando te abrem os braços depois de uma reprimenda estão a dizer-te que estarão sempre lá para ti

Quando me sinto "ultrapassada" pelos teus avós sei perfeitamente que sem eles a tua vida não teria o mesmo sabor. Sei perfeitamente que sem eles as aventuras teriam limites. Sei perfeitamente que sem eles as tradições passariam ao lado da tua vida.

Eu não gosto. Continuo a ser sincera com isso mesmo. Mas gosto muito que sejas sempre mais feliz por teres a felicidade de os ter por perto. E por isso lhes estou grata. Por fazerem de ti um miúdo mais feliz e consciente. #diadosavós

Feliz dia dos Avós

7 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D