Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ele, o microfone e a mamã

"Radicalismos" de uma mãe galinha, rabiscos e cantorias do pequeno príncipe T e vida, muita vida para vos mostrar. No nosso T3 vivemos e sorrimos muito.

"Radicalismos" de uma mãe galinha, rabiscos e cantorias do pequeno príncipe T e vida, muita vida para vos mostrar. No nosso T3 vivemos e sorrimos muito.

Ele, o microfone e a mamã

06
Ago18

Testemunhos com Vida Dentro - Parte I

Liliana Silva

12.jpg

Sobre a semana Mundial de Aleitamento Materno, que termina amanhã, 07 de Agosto de 2018 temos recebido alguns testemunhos de mães nas mais variadas situações. Decidimos por isso, e dado ser algo que já há muito tenho pensado, criar a rubrica "Testemunhos com vida Dentro". Aqui fica o testemunho da mãe Ana Teresa que nos mostra que as coisas têm de ser o mais naturais possíveis.

"Liliana Silva permita me deixar aqui o meu testemunho, que foi a minha primeira experiência. 
A Benedita tem agora 4 anos, em toda a gravidez, sinceramente, nunca pensei muito sobre a verdadeira importância de amamentar ou se iria mesmo amamentar. Benedita nasceu com 4,120 Kg e como ficou ictérica (amarelinha) teve que fazer a fototerapia durante 48h. É normal um bebé após o seu nascimento perder peso e pelo simples facto de ter feito a fototerapia, a Benedita perdeu mais de 10% do peso com que nasceu e segundo o pediatra teve indicação para fazer suplemento.
Senti naquele momento (ainda no internamento) um choque tão grande.
Tivemos alta (a um Domingo)com indicação de fazer suplemento a cada mamada...sinceramente inconformada com a situação.
A Benedita em cada mamada, mamava as duas maminhas o tempo que queria e depois lá ia eu absolutamente contrariada preparar os 30mL de suplemento para lhe dar...nunca os bebia totalmente e só aceitava o biberão mamada sim mamada não.
Na madrugada de terça-feira disse para o João (o papá) desculpa mas isto tem de acabar (foi mesmo a expressão que usei) sempre que ela tiver fome eu vou lhe dar a mama...E assim foi...segui o meu instinto.
Amamentei em exclusivo até aos 6meses e continuei até ela querer...lutei muito, ouvi tanto, os piores comentários foram de mães, existiram momentos que me senti quase que pressionada para desistir...mas não cedi. Era o melhor que podia dar à minha filha e passei a não ligar, não foi fácil confesso mas por ela todos os comentários maldosos valiam zero.
Passado pouco tempo dela fazer os 3 anos descobri que as nossas vidas iam ficar mais preenchidas, o Bernardo vinha a caminho.
Assustei me...como ia eu fazer com a maminha? Corri para a pediatra...para saber como ia lidar com esta situação.
Deixei que tudo acontecesse naturalmente e assim foi...amamentar grávida.
Em Setembro a Benedita entra para a pré escola e nos finais de Outubro deixou a mama...deixou de pedir.
Com o nascimento do mano ficámos na expectativa como iria ela reagir...lá quis provar mas dizia sempre que o leitinho AGORA era do mano.
Partilho a minha experiência e dou um grande conselho não desistam à primeira não é fácil, peçam ajuda e sigam Sempre o vosso coração, o nosso instinto de mãe e proteção são os mais certos 😉.
Beijinhos"

 

Obrigada pela partilha e pela oportunidade de me deixar expor o seu testemunho 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D