Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ele, o microfone e a mamã

"Radicalismos" de uma mãe galinha, rabiscos e cantorias do pequeno príncipe T e vida, muita vida para vos mostrar. No nosso T3 vivemos e sorrimos muito.

Ele, o microfone e a mamã

"Radicalismos" de uma mãe galinha, rabiscos e cantorias do pequeno príncipe T e vida, muita vida para vos mostrar. No nosso T3 vivemos e sorrimos muito.

Testemunhos com Vida Dentro - Parte II

07.08.18 | Liliana Silva

38536408_1901377076589885_5749673135767027712_n.jp

 

 Em mais um testemunho, hoje deixo as palavras da querida Ana Fonseca que em tudo diferem do testemunho de ontem mas que tem um ponto em comum com todas as mães...querer o melhor para o seu bebé sem nunca esquecer a sua parte psicológica...porque se nós não estivermos bem, eles também NUNCA estarão. 

 

"No meu caso foi ao contrário. Algumas pessoas diziam para insistir quando eu não aguentava mais fazê-lo. Amamentei o Guilherme até ao dia que fez 1 mês. Nesse dia disse basta. Tive sempre o apoio do marido, pais e amigas. Mas a decisão de parar foi minha. Nunca foi confortável para mim, chegou a ser muito doloroso. Procurei vários tipos de ajuda mas não me senti confortável com nenhuma delas.
E se antes de ser mãe questionava quem optava por parar de amamentar (por falta de informação e por nunca ter passado por lá, claro), depois de o ser respeito muito o bem-estar dos bebés mas respeito igualmente o bem-estar das mães, que têm de tomar conta dos filhos e delas próprias. Uma mãe que não está bem e confortável não consegue estar bem para o seu bebé. Sempre quis muito amamentar mas acabou por correr tudo de forma diferente. E não me arrependo da decisão que tomei. Se voltar a ser mãe posso até tentar mas se me sentir novamente desconfortável páro imediatamente. Não questiono a qualidade do LM e as suas vantagens, obviamente... nem há comparação. mas o LA existe para ser usado quando preciso. E ainda bem!
A quem quer amamentar e que gosta de o fazer e que corre como desejaram, fico mesmo muito feliz!
Todas as opções são válidas e eu respeito muito todas elas ❤️

(E sim Lili, nestas alturas é fazer ouvidos moucos e seguir o nosso coração)."

 

Obrigada querida Ana por partilhares com o nosso cantinho este teu pedaço de vida.