Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ele, o microfone e a mamã

"Radicalismos" de uma mãe galinha, rabiscos e cantorias do pequeno príncipe T e vida, muita vida para vos mostrar. No nosso T3 vivemos e sorrimos muito.

"Radicalismos" de uma mãe galinha, rabiscos e cantorias do pequeno príncipe T e vida, muita vida para vos mostrar. No nosso T3 vivemos e sorrimos muito.

Ele, o microfone e a mamã

23
Out17

Um dia sem capa

Liliana Silva

20171023_002942.jpg

 

Tirei a capa de mãe

Ontem espalhei a capa de mãe pela chão e deixei-me ficar assim no simplesmente eu.

E tirar a capa de mãe pode às vezes ser bom quando se assim o deseja, mas ontem tirei a capa de mãe porque me caiu a máscara, porque fiquei vazia no coração, porque a saturação tomou conta de mim.

Ontem a vontade era ficar no sofá, enrolada a uma manta, sozinha e num silêncio que já não conheço...

Ontem tirei a capa de mãe e falei mais alto, e aborreci-me com mais facilidade e chorei quase sem dar conta...

Tirei a capa de mãe porque antes de ser mãe sou ser humano e como tal o cansaço, a fraqueza, o medo e o desânimo também tomam conta de mim.

Ontem tirei a capa de mãe e lá no fundo entreguei ao destino e aos outros um pirralho de 5anos com a sua energia sem fim e as suas dibruras do costume.

Ontem tirei a capa de mãe porque ser mãe esgota, porque ser mãe cansa, porque ser mãe é desafiante. E há dias em que não precisamos de outros desafios, quando o único que já temos aos ombros nos pesa na alma e no peito.

Ontem tirei a capa de mãe porque quem disse que ser mãe era simples, fácil, maravilhoso, encantador...enganou-se!! Enganou-se redondamente...porque ser mãe não é simples, não é fácil e não é maravilhoso. Ser mãe é daquelas tarefas que ou tens muito muito muito para dar ou então simplesmente não dá. Ser mãe é a mais nobre das profissoes, a mais exigente, a mais satisfastória. Ser mãe é ser vida...é dar vida...é dar ar...
Ser mãe é passar a viver com o coração nas mãos, com o credo na boca, com as mãos na cabeça e com os suspiros na alma. Ser mãe é pura e simplesmente SER...Ser cuidador, protector, com amor para dar esperando unica e simplesmente uma coisa...o sorriso verdadeiro, sincero, caloroso...um sorriso de "sou feliz", de "estou bem", de "aquele caminho é o certo,obrigada", de "é bom estares sempre aqui". 

Ontem o pequeno príncipe T ao deitar perguntou-me se eu estava chateada. E eu simplesmente fui mãe, aquela mãe sincera que às vezes devemos ser por nós e por eles, aquela mãe que tirou a capa de super heroína e é simplesmente mãe e disse-lhe que estava cansada. Ele perguntou se estava chateada com ele e eu simplesmente respondi..."estou um bocadinho cansada porque às vezes as mamãs também se cansam e ficam tristes". Agarrei-me a ele e disse-lhe baixinho ao ouvido "mas isto passa tudo com o teu abracinho, amanhã tudo volta ao normal." e ele, como criança luz que eu sei que é deixou-se ficar sem perguntas e disse apenas "dorme bem minha flor".

Hoje a capa já está posta novamente, as energias carregadas e pronta para mais um dia. Hoje o sol brilha e as esperanças renovam-se...é assim esta profissão...sem tabus e com a certeza de que ser mãe é ser assim, imperfeita nas perfeições dos nossos rebentos!  

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D